domingo, 15 de setembro de 2013

A lenda de Huru

Capítulo 1:Reflexões...
(Narrativa de Nabii)
O tempo passou,as vezes eu tento pensar no quanto ele passou,mas é impossível calcular o tempo sendo que ele está sempre passando...será?Eu evito pensar nisso na maioria das vezes,para falar a verdade,minha vida é um tédio,eu e meus amigos encontramos um lugar para ficar,lá conhecemos um filhote chamado Huyo,assim como nós,ele estava sozinho,e também tinha uma outra filhote,nessas semanas que estamos aqui,ela não disse nem um oi,mas eu também costumo ma afastar dela,mas,por que pensar nos outros?E eu?Bom,sem comentários,eu não tenho uma grande importância,sou só mais uma gota no meio de um imenso oceano,só um grão de areia no deserto do Saara,só um fio de seda em grande tecido,eu não sou importante,eu poderia morrer e ninguém iria sentir minha falta,as vezes eu penso o por que de eu existir,eu não devo ter um destino promissor,na verdade,eu acho que não tenho um destino,minha vida é vazia,não vivo aventuras,tenho um treinamento sem motivo,nem sei se meu objetivo realmente existe,ainda ontem me lembrei da história que Chanzo nos contou faz alguns meses,lembrei de Huru e de seu escolhido,pensei,não posso ser eu,eu não sou forte o suficiente,eu não sou bom o suficiente,se Chanzo estivesse vivo,ele seria o escolhido,ele simpodia,ele com certeza era o cara,os meus amigos dizem que eu estou me rebaixando demais,mas eu não acho,eu só estou sendo realista,tentando ilustrar a verdade em palavras,todos os que vivem a meu redor dizer que eu tenho um "QI elevado",que tenho uma "mente brilhante",que uso com sabedoria cada uma de minhas sentenças,que eu sou mais do que eu imagino,mas eu não creio em nenhuma palavra do que eles ousam dizer,afinal,eu sou só mais um...Meu mundo nada mais é do que imenso vazio...
Por que acreditar que eu posso vencer?Por que acreditar que um dia vou amar alguém?Por que acreditar que um dia alguém irá me amar?Eu conheci e vi a pior das desgraças,a morte de mais do que um povo,de uma nação,mas isso não ia me ensinar nada,tudo o que eu aprendi com tudo aquilo,é que quanto mais perto do coração de alguém você está,mais os vilões e pestes vão te perseguir,até tirar tudo o que é seu,eu posso não ter visto o que os meus amigos e conhecidos viram,mas eles também não viram o que eu ví,nem viveram o que eu vivi,nem conheceram o que conheci...Digo isso enquanto olho,para a imagem de Huru nas"paredes da selva"*...nem sofreram o que sofri,minhas irmãs sabem do que eu estou falando,nossos pais morreram em meio a guerra,nossa irmã e irmão mais velhos foram os que tiveram uma gota de misericórdia e nos salvaram daquele massacre,mas depois daquilo,sumiram,evaporaram,estávamos sozinhos neste mundo sem fim,minhas irmãs já comentaram sobre estarmos caindo da beira da terra,eu entendi o que elas queriam dizer,nós já estávamos condenados,dizem que no final de cada jornada,outra começa,mas se isso realmente é verdade,nossa jornada ainda não terminou,ou está atrasada...A jornada só se acaba,quando você se sente satisfeito com o que fez durante a longa caminhada que se realizou,e mesmo que não note,toma um novo caminho...eu já desisti de esperar minha nova jornada começar a muito tempo,não tenho mais motivos para ficar aqui sentado sem nada para fazer,eu queria uma aventura de verdade,eu queria ser reconhecido,eu queria salvar alguém da quase morte,eu queria ser o herói deste conto de fadas,quero dizer,se este conto de fadas realmente existir...Um sonho não é para sempre,então temos que agir...eu ainda estou a espera do sentido da minha vida,do motivo de mim ter chegado até aqui,para falar a verdade,eu não sei nem o motivo de mim estar pensando em alguma coisa,talvez eu não tenha mais nada para fazer a não ser refletir...Em uma reflexão,você sempre enxerga si mesmo...eu queria ter forças para me levantar,mas não consigo,por mais que eu implore,nada acontece...Não se pode pedir para as árvores te salvarem da morte certa...mas eu ainda continuo aqui,não podia ir para outro lugar,qualquer tentativa de me afastar deste lugar que eu e maus amigos encontramos seria suicida,estamos sempre rodeados de leões rivais,mas eu até gosto de rivalidade sabe...Quanto maior é a rivalidade,maior é seu progresso...Mas...encerro aqui minha reflexão,e deixo que a história,vá se desenrolando...Uma história é uma linha,que se junta a outras,e forma um tecido.
CONTINUA...
*Paredes da selva:Árvores.

2 comentários:

  1. Ficou INCRIVEL! *OOOOO*
    Estarei esperando o próximo! *-*

    ResponderExcluir
  2. Kamy como você colocou aquela imagem do simba la em cima quando nós abrimos a guia do seu blog??
    Se puder responder por favor me explique...

    ResponderExcluir

Mais visitadas